O QUE É

Apresentação

Progresso social, segundo a organização Social Progress Imperative (SPI) é a capacidade de uma sociedade em satisfazer as necessidades humanas básicas dos seus cidadãos, estabelecer os elementos essenciais para a melhoria e manutenção da qualidade de vida das pessoas e comunidades e criar as condições para que todos os indivíduos atinjam pleno potencial.

Até recentemente, o sucesso de uma sociedade era medido somente por meio de índices como o Produto Interno Bruto (PIB) e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que são amplamente influenciados pelo desenvolvimento econômico e não medem a qualidade de vida, a saúde e o bem-estar da população.


O IPS Global

O Índice de Progresso Social (IPS) é um índice que mede de forma holística e robusta a performance social e ambiental das nações, independente do desenvolvimento econômico. Foi criado em 2013 pela Social Progress Imperative (SPI) com o apoio de diversos estudiosos e especialistas mundiais em políticas públicas.

O IPS foi idealizado a partir do momento em que se compreendeu que medidas de desenvolvimento baseadas apenas em variáveis econômicas são insuficientes, já que crescimento econômico sem progresso social resulta em exclusão, descontentamento social, conflitos sociais e degradação ambiental.

A estrutura do índice global em 2018 integrou 51 indicadores sociais e ambientais em 12 componentes e três dimensões. O IPS é composto por indicadores exclusivamente sociais e ambientais de dados públicos agregados em três dimensões (Necessidades Humanas Básicas, Fundamentos para o Bem-estar e Oportunidades) e 12 componentes. Para isso, são utilizados dados públicos disponíveis na internet por instituições governamentais ou da sociedade civil organizada.  

O IPS Amazônia

O IPS Amazônia foi publicado originalmente em 2014 sob liderança do Imazon. Foi a primeira iniciativa subnacional (escala de Estados e municípios) realizada no mundo. De fato, o instituto desenvolveu um método original de adaptação do IPS da escala global (países) para a escala subnacional. Esse método está servindo de referência para adoção do IPS na escala subnacional pela União Europeia, Estados Unidos, países da América Central, Ásia e África.  

Desde 2014, o Imazon trabalha em parceria com a Rede Progresso Social Brasil e a Social Progress Imperative (SPI) na elaboração e disseminação do IPS na Amazônia Legal. O IPS Amazônia utiliza o mesmo método estatístico do IPS global e responde as mesmas questões chave existentes no conceito do IPS, mas com uma diferença importante: adota indicadores que refletem a realidade social do território da região, diferentes dos usados no IPS global.

No caso da Amazônia brasileira, optamos por avaliar o IPS para cada um dos seus 772 municípios. A escolha dos indicadores foi baseada na confiabilidade das fontes dos dados, acessibilidade, abrangência e atualização. Seu cálculo emprega indicadores públicos recentes e relevantes às especificidades dos municípios da Amazônia.  

 
Veja como surgiu esta ideia

Iniciativa

Em parceria com

Apoio

Realizacao Iniciativa Apoio tecnico Logo avina Logo ibirapitanga