O QUE É

Apresentação

Progresso Social, segundo a organização Social Progress Imperative (SPI) , é a capacidade de uma sociedade em satisfazer as necessidades humanas básicas dos seus cidadãos; estabelecer os elementos essenciais que permitam às pessoas e às comunidades melhorar e manter sua qualidade de vida; e criar as condições para que todos os indivíduos atinjam pleno potencial.

Até recentemente, o sucesso de uma sociedade era medido somente por meio de índices como o Produto Interno Bruto (PIB) e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que são amplamente influenciados pelo desenvolvimento econômico e não medem a qualidade de vida, a saúde e o bem-estar da população.

Contudo, em 2013, a criação do Índice de Progresso Social (IPS) - inicialmente proposto para a escala global - possibilitou medir o progresso social diretamente, independente do desenvolvimento econômico. Desde então diversas iniciativas nacionais e subnacionais estão surgindo, sobretudo em países latino-americanos. Isso levou à criação da “Rede de Progresso Social”, que congrega iniciativas para medir o progresso social em vários países, tais como Brasil, Paraguai, Costa Rica, Chile, Colômbia, Peru, Trinidad e Tobago e El Salvador. Mais informações a respeito dessa rede estão disponíveis em: http://progressosocial.org/.

O IPS Global

O Índice de Progresso Social (IPS) é um índice que mede de forma holística e robusta a performance social e ambiental das nações, independente do desenvolvimento econômico. Foi criado em 2013 pela Social Progress Imperative (SPI), num processo que contou com o apoio de diversos estudiosos e especialistas mundiais em políticas públicas.

O IPS foi idealizado a partir do entendimento que medidas de desenvolvimento baseadas apenas em variáveis econômicas são insuficientes, já que crescimento econômico sem progresso social resulta em exclusão, descontentamento social, conflitos sociais e degradação ambiental.

A estrutura do índice global integra 54 indicadores sociais e ambientais em 12 componentes e três dimensões.

O IPS Amazônia

A primeira iniciativa de uso do Índice de Progresso Social (IPS) no Brasil ocorreu na Amazônia brasileira (referida aqui apenas como Amazônia). A iniciativa do IPS Amazônia partiu do Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia), que identificou no IPS um meio para avaliar a situação da sociedade amazônica a partir de uma nova visão, diferente das medições feitas por meio do PIB e do IDH.

O IPS Amazônia utiliza o mesmo método estatístico do IPS global e responde as mesmas questões-chave existentes no conceito do IPS, mas com uma diferença importante, adota indicadores que refletem a realidade social do território, diferentes dos usados no IPS global. No caso da Amazônia brasileira, optamos por avaliar o IPS para cada um dos seus 772 municípios. Assim, é possível avaliar as diferenças sociais e ambientais. A escolha dos indicadores foi baseada na confiabilidade das fontes dos dados, acessibilidade, abrangência e atualização. Seu cálculo emprega indicadores públicos recentes e relevantes às especificidades dos municípios da Amazônia.

Veja como surgiu esta ideia
O IPS Amazônia 2014 em destaque

Fotos: Rafael Araújo

Iniciativa

Iniciativa

Realização

Realizacao

Parceria de realização

Parceria realizacao small

Em parceria com

Apoio tecnico

Apoio

Apoio